Início > coisas do coiso > Dinamarca: Que vergonha esta triste cena. Não há pior fera que o Homem!

Dinamarca: Que vergonha esta triste cena. Não há pior fera que o Homem!

Por incrível que pareça, este espectáculo mantem-se em Dantesque, Ilhas Faroe (Dinamarca). Um país supostamente civilizado e, ainda por cima, membro da União Europeia. Para muita gente, este ataque à vida passa despercebido, como um costume para “mostrar” a passagem à idade adulta. É de uma atrocidade absoluta. Ninguém mexe uma palha para acabar com esta barbaridade contra os “Calderon”, um golfinho inteligente e tranquilo que se aproxima dos homens demonstrando amizade. Faz com que esta atrocidade seja conhecida e que, como é desejável, acabe de vez.

dnq1dnq2dnq

Horrivel! E assustador! A Dinamarca, um exemplo de país a todos os niveis, aparece-nos com isto…

About these ads
Categories: coisas do coiso Etiquetas:
  1. Ana
    2 de Junho de 2009 às 21:10

    Que horror!!Eu tinha a Dinamarca em boa consideração!Qual o objectivo desta barbárie?? E ninguém faz nada?
    Poxas e nós é que somos atrasados!!!

  2. 6 de Junho de 2009 às 15:15

    Primeiro olhei para as imagens. Quando li o conteudo nem podia acreditar que eram da Dinamarca…choque!

  3. Rosangela
    9 de Setembro de 2009 às 17:42

    Lamentável, vergonhoso e perplexo!!!!!
    Não tenho palavras para expressar meu sentimento de por pertencer a classe dos seres ‘HUMANOS’.

  4. Márcia
    17 de Setembro de 2009 às 20:50

    MONSTROSSSSSS. SEM ALMA, SÓ DE OLHAR UMA IMAGEM DESSA DOÍ O CORAÇÃO, COMO ALGUEM PODE FAZER TAL CRUELDADE, Ñ TENHO NEM COMENTARIOS. ESPERO QUE PAGUEM POR TODA ESSE CRUELDADE, MONSTROSSSSSSSSS.

  5. le
    27 de Setembro de 2009 às 17:09

    nossa!
    confesso q na hora q vi chorei…
    como fazer uma creueldade dessa com um ser
    tão fragil e inocente
    o pior a as autoridades naum tomam nenhuma providencia
    contra um crime desse isso é mesmo uma “VERGONHA”

  6. Dayze Melo
    30 de Setembro de 2009 às 0:30

    q vergonhaaaaa…
    quanta maldade.. ate quando isso vai continuar
    NINGUEM FAZ “NADA”…as pessoas assistem ah isso.
    q “cultura” é essa q mata seres para mostra a passagem à idade adulta…sei que cada cultura é diferente com costumes diferentes…+ nada se compara a destruir esses animais só por destruir…
    ISSO TEM QUE ACABAR!!! =’(

  7. o visitante
    27 de Outubro de 2009 às 22:02

    Sou completamente contra a crueldade com que esses animais sofrem. Porém, devemos primeiro pensar como a carne no Brasil é preparada para que chegue aos nossos pratos. Isso sim é crueldade. E todos nós que escrevemos nos blogs, horrorizados, somos coniventes com a forma com que os bovinos, suínos e as aves são tratados desde o nascimento até a morte. Sejamos críticos quanto às correntes de e-mail. Esse povo impacta o meio ambiente numa carga milhões de vezes menor do que a nossa, dado o estilo de vida simples que eles têm. Além disso, suas terras são improdutivas e o PIB da ilha é muito baixo, necessitando de grandes investimentos na complementação da dieta desse povo. Enquanto isso, o Brasil tem uma vasta extensão de terra que permite que a agricultura seja fonte de nossa principal dieta, contrapondo à nossa pecuária sanguinária e destruidora de florestas.
    Como disse, não sou a favor dessa matança, mas sim de uma postura crítica frente ao nosso modo de vida. Lembrem-se que nossos garfos à mesa são tão mortíferos quanto as facas que matam essas baleias.
    É com muito respeito que convido a todos a repensarem nosso dia-a-dia de consumo material e mental. Reavaliem o foco de nossas lutas: a opressão de um modo de vida, produção e consumo que nos trás conforto e ao mesmo tempo destruição de nosso ambiente e nossa alma. A perpetuação de uma cultura hedonista e cega de uma vida interior. Alimentem a curiosidade de investigar o próprio espírito – independente de religiões, e procurem as conexões entre o seu próprio eu e as mazelas sintomáticas da humanidade.
    Abraços a todos.

    • sil
      21 de Fevereiro de 2011 às 20:09

      Concordo plena mente. Sabe, esquecemos que todo este espanto demonstrado por nós (digo por mim)chega a ser de uma grande hipocrisia…não notada por nós, (digo por mim hein) que adoro uma boa carne e sequer penso nos caminhos que ela percorreu até chegar a minha mesa, seja a carne que for, houve a morte e sofrimento de algum ser (talvez não tão visível como este,mas houveu abate, uma morte) para eu poder saborear aquela carne.realmente é revoltante, precisamos repensar nossos valores, começando por mim.
      Talvez sem pensar cometamos um ato mais repugnante, criar animais em cativeiro (alimenta-los para matá-los) do que é capaz a natureza humana hein? cometemos um ato terrivel e nem nos damos conta…talvez seja pelo dinheiro que fala mais alto…ou outra coisa qualquer.

  8. 12 de Dezembro de 2009 às 17:02

    isso e uma injustisa e uma redação eu proseso

  9. 15 de Dezembro de 2009 às 20:42

    Olá!
    Estava lendo seu post sobre a matança das baleias nas ILHAS DE FÄRÖER.
    Este arquivo da matança das baleias já devo ter recebido dezenas de vezes.
    As fotos são sempre as mesmas e o título também. É como um vírus!

    Sim, isto acontece nas Ilhas de Faroer, que são autônomas, mas com alguma ligação com a Dinamarca, em termos políticos. Hoje ainda se usa essa tradição ridícula dos jovens comprovar que são adultos. No entanto, esta matança de baleias já existe há séculos. Com a carne e com o óleo extraídos, antigamente, o povo assim sobrevivia. Este ritual, porém, nunca causou o extermínio das baleias no mundo.Se assim fosse, a União Européia já teria acabado com isto há anos. É algo parecido como os índios (que existiam) em nosso país, eles também caçavam e realizavam queimadas sem nunca prejudicar a natureza e, nem tampouco, todo o eco-sistema. E, é importante ressaltar, estas baleias são mortas SOMENTE se aparecem na baía, caso não vêm, também não HÁ MATANçA E MUITO MENOS CAçA. Então, segundo as leituras que fiz sobre o assunto, o ritual NÃO acontece necessariamente todos os anos, como diz no arquivo que recebemos. A carne e o óleo são aproveitados pela população das ilhas, assim como no mundo inteiro se come carne de gado e porcos. Os japoneses são os maiores assassinos de baleias e usam esta crueldade para fazer dinheiro, o que nas Ilhas Faroer não é o caso. A matança nas ilhas não tem fins lucrativos. O pior inimigo das baleias é, na verdade, a poluição de nossos mares. Penso que este fato seria importantíssimo colocar.

    Sei que, o que escrevi acima, pode não justificar o fato ou amenizá-lo. Também não concordo com o acontece nas ilhas, de maneira alguma. Mas penso que é importante ver o outro lado da questão. Penso que muito já se falou sobre o isto, mas quebrar com uma tradição centenária, é difícil. Os dinamarqueses, em geral, são pessoas muito sensíveis e muito pacíficos. Adoram animais e acredito que a grande maioria também acha terrível matar golfinhos. Eu conheço a Dinamarca todinha – é um pequeno e lindo país – e visitei muitas ilhas, praias e fiordes. Não tenho, porém, conhecimento de que haja matança de animais marinhos na Dinamarca. Apenas nas ilhas de Faroer que são autônomas, tem governo próprio. É extremamente injusto falar dessa maneira da Dinamarca.

  10. Nayara Rocha
    21 de Dezembro de 2009 às 1:55

    Não gostei do que vi, discordo plenamente com esses trastes que não valem um tustém.
    Como um ser pode trestruir outro??
    Que porcaria de ritual, isso tem que parar.
    E outra, crianças presenciam esse tal ato de crueldade, até que ponto o mundo vai?? Ensinando as crianças a divertir-se vendo o tal desrespeito a natureza ao invés de estár estudando na escola.
    Não tiro meu chapéu para covardes.
    É, covardes por que ao invés de atacar os que estão a sua altura vão para essas maravilhosas criaturas que são as baleias e matam sem dór, sem pena e sem piedade.

  11. Bragança
    21 de Dezembro de 2009 às 2:00

    Caros amigos, obrigado pelos comentários ao meu post :D

    É de facto uma crueldade tremenda…Pena que isto ainda aconteça!
    Abraço! e Obrigado

  12. PJ
    14 de Agosto de 2010 às 1:19

    Estes golfinhos são uma dádiva divina:
    Enquanto eles continuarem aparecendo, temos a opção de aceitá-la ou não.

  13. justefina
    22 de Outubro de 2010 às 12:14

    seus filhos da puta, nao teem vergonha do qe fizeram ???

    bois do caralho !

  14. Luana
    10 de Dezembro de 2010 às 17:52

    Esse povo são todos uns filhos da puta,Deus é grande e sabe o que faz essa pessoas um dia vão pagar muito caro por isso que eles fizeram com os golfinhos animais que não fazem mal a ninguém…
    A JUSTIÇA TARDA MAIS NÃO FALHA,O SANGUE DE JESUS TEM PODER…
    DEUS OS PUNIRA DO JEITO CERTO….

  15. MARCO PONTES
    22 de Dezembro de 2010 às 21:36

    MONSTROS !

  16. Maria Guimarães Lopes
    31 de Dezembro de 2010 às 17:28

    Regressão dos adultos idiotando os jovens.

  17. Rafael D.
    12 de Maio de 2012 às 17:26

    Puta que pariu…. Esse “troço” acontece na Dinamarca mesmo?? Um dos poucos países que eu ainda acreditava ser decente, civilizado… Que eu posso dizer disso… o mundo está completamente perdido. O que é pior ?? Ver os animais serem dizimados tão monstruosamente, ou saber que um país que seria uma esperança de futuro , civilização e humanidade, se rebaixar a tanto?

  1. No trackbacks yet.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 357 outros seguidores

%d bloggers like this: