Início > sempre sem espinhas... > Sobre o Aquecimento Global

Sobre o Aquecimento Global

Segundo o estudo, publicado pela revista “Época” de 16 de Outubro de 2006, todos os veículos juntos, automóveis, motos, autocarros, camiões, tractores e outros, produzem 4% da poluição do ar. Em contraste, a poluição total produzida pela criação de animais ruminantes, 28%, mais os seus dejectos, 4%, resulta nuns impressionantes 32% da contaminação da atmosfera com metano.

A desproporção revelada por este estudo é impressionante. Pode perceber-se, pelas suas conclusões, que entre os maiores responsáveis pela poluição, pelo aquecimento global e pela destruição da camada de ozono encontramos os humanos comedores de carne que sustentam uma indústria pecuária sem precedentes em toda a história da humanidade.

A eructação, arrotos dos bois, e os gases menos nobres são responsáveis pela liberação dessas enormes quantidades de gás metano. O alimento consumido, gramíneas, forma um caldo onde estão presentes bactérias: “quando o animal respira, o gás é liberado juntamente com o gás carbónico”, explica a cientista da Embrapa Meio Ambiente, Magda Aparecida Lima.

epoca-poluidores

Considerando cerca de 165 milhões de animais, para falarmos apenas no rebanho bovino brasileiro, produzindo anualmente uma média de 60 quilos de metano cada, pode-se imaginar as proporções mundiais da questão.

Segundo Magda Aparecida Lima, o metano possui um poder de aquecimento global vinte e uma vezes maior que o gás carbónico (CO2). As emissões de gás carbónico e metano estão entre as principais responsáveis pelo progressivo aquecimento do planeta. A fermentação dos alimentos nos estômagos do rebanho bovino mundial produz emissões de metano da ordem de 80 milhões de toneladas por ano. Quando cresce o nível desses gases na atmosfera, a Terra passa a reter mais energia solar junto ao solo, fazendo com que o planeta aqueça, à semelhança do que acontece numa estufa de jardinagem.

Não pretendo julgar quem come carne. Trata-se de algo cultural, a ser tratado com respeito. Curiosamente, quando investigamos sobre as causas e efeitos do aquecimento global, não encontramos grandes referências a este assunto.

In Rumos http://rumos.org

Vi isto no Blogue “Rumos”  e decidi colocar aqui! De facto está um artigo muito bem conseguido e informativo!

Categorias:sempre sem espinhas... Tags:
  1. Ana
    16 de Julho de 2009 às 21:15

    Já tinha ouvido falar do impacto da criação de animais para o meio ambiente, mas desconhecia os verdadeiros valores.É impressionante!
    Eu também não sou contra o consumo de carne,no entanto,talvez devêssemos voltar aos hábitos dos nossos avós, em que se comia carne muito ocasionalmente.Até porque o consumo da mesma também tem impactos negativos na nossa saúde.
    Depois de ter feito o meu curso de educação ambiental e me terem contado algumas situações da carne criada “em massa” e o fabrico de salsichas confesso que tenho tido dificuldades em voltar a comer carne…
    Bj

  2. 19 de Julho de 2009 às 15:06

    Obrigado pela crítica muito simpática que deixou no meu blog. Acho que o seu blog também está muito bem conseguido. A partir de agora vou ser frequentador assíduo do seu espaço. Parabéns e continue o seu grande trabalho.

    Agradecia que me ajudasse a divulgar o meu blogue, na medida em que ainda o criei há pouco tempo e não tenho experiência nestas andanças.

    E continue a visitar-me em interjeicoes.blogspot.com

    Abraço amigo.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: